Licenciatura em Engenharia de Aquacultura

O Curso de Engenharia de Aquacultura tem como objectivo:

Formar técnicos de nível superior politécnico nos domínios ligados à exploração aquícola, com conhecimentos teóricos e práticos para a concepção de projectos aquícolas, criação, colheita, conservação e processamento do pescado, de modo a desenvolver no graduado competências e capacidades profissionais que respondam às exigências do mercado de trabalho e das políticas e estratégias para o desenvolvimento do sector aquícola em Moçambique.

Objectivos Específicos

  1. Minimizar a escassez de técnicos superiores habilitados com instrumentos modernos, técnica e cientificamente recomendados para o ramo de aquacultura no país;
  2. Formar graduados com qualificação e preparação para a concepção de projectos de aquacultura, sua implementação, processamento e avaliação dos respectivos projectos;
  3. Formar profissionais a altura de assumir responsabilidades e com autonomia e competências nas áreas de desenho, instalação e gestão de sistemas de aquacultura;
  4. Treinar graduados para produzirem ração para aquacultura a partir de aproveitamento de produtos locais;
  5. Habilitar os graduados com instrumentos recomendáveis para introduzir melhoramento genético nas espécies em cultivo nas zonas onde pretendam implementar os projectos de produção aquícola;
  6. Incentivar a investigação científica, tecnológica, sócio-económico e cultural no âmbito do curso;
  7. Proporcionar uma formação que permita desenvolver no formando a visão de empreendedorismo e negócio aquícola;
  8. Promover nos graduados atitudes e valores que elevem a consciência sobre o maneio aquícola e o meio ambiente.

PERFIL DO GRADUADO

O curso de Licenciatura em Engenharia de Aquacultura criará condições para que os seus graduados sejam competentes e hábeis para:

  • Actuar na criação e reprodução de peixes, crustáceos, moluscos em cativeiro e algas;
  • Dimensionar e implantar unidades de produção aquícolas em lagos, rios, barragens e no oceano;
  • Pesquisar o aproveitamento e a conservação dos animais e acompanhar a sua industrialização e distribuição no mercado consumidor;
  • Instalar e manter motores e equipamentos mecanizados usados em operações de aquacultura, bem como para o aproveitamento e processamento do pescado.

Perfil Professional

O curso de Licenciatura em Engenharia de Aquacultura assegurará a formação de profissionais, cujo perfil permitir-lhes-á:

  • Utilizar os conhecimentos essenciais na identificação e resolução de problemas relacionados com o ramo de aquacultura;
  • Diagnosticar e propor soluções viáveis para o atendimento das necessidades básicas de grupos sociais e individuais, visando à melhoria da qualidade de vida das comunidades envolvidas com a aquacultura;
  • Aplicar conhecimentos científicos, tecnológicos e instrumentais, respeitando hábitos e costumes locais, para promover e desenvolver actividade aquícola nas comunidades rurais;
  • Conhecer a biodiversidade dos ecossistemas aquáticos, visando à aplicação Biotecnológica e não só;
  • Planificar, gerir, construir e administrar obras que envolvam o cultivo de organismos aquáticos;
  • Desenvolver actividades de maneio e exploração sustentável de organismos aquáticos;
  • Utilizar técnicas de cultivo, nutrição e melhoramento genético para a produção de organismos aquáticos;
  • Supervisionar e operacionalizar sistemas de produção aquícola;
  • Aplicar técnicas de processamento, classificação, conservação, armazenamento e controle de qualidade do pescado na indústria pesqueira;
  • Possuir conhecimentos sobre patologia de organismos aquáticos;
  • Projectar e conduzir pesquisas aplicadas a aquacultura, interpretar e difundir os resultados;
  • Elaborar e analisar projectos que envolvam aspectos de mercado, localização, caracterização, engenharia, custos e rentabilidade nos diferentes setores da actividade de aquacultura;
  • Elaborar relatórios técnicos e científicos no seu campo de actuação;
  • Actuar no maneio sustentável em áreas de preservação ambiental, do cultivo e da industrialização, avaliando os seus efeitos no contexto sócio-econômico e cultural;
  • Dominar conhecimentos técnico-científicos do ramo de aquacultura com vista à actuação no ensino, pesquisa e extensão; e,
  • Conhecer, compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais.
Image

Eng.º Agostinho Júnior Mahanjane