Licenciatura em Engenharia Florestal

 

Handina da Graça Lurdes Langa Massango, MSc.

Directora do Curso de Engenharia Florestal

OBJECTIVOS DO CURSO

O Curso de Engenharia Florestal tem como objectivo formar profissionais de nível superior com domínio técnico e científico, capazes de actuar com competência na planificação, uso, monitoria, gestão de recursos e empreendimentos Florestais bem como, tomar decisões compatíveis com a realidade local, nacional e global em seus aspectos económicos, sociais e culturais.

 

Objectivos específicos

O curso de Engenharia Florestal tem os seguintes objectivos específicos:

  • Formar profissionais empreendedores que sejam capazes de criar e desenvolver iniciativas empresariais e económicas e auto-emprego no sector florestal na região e no país.
  • Formar profissionais capazes de avaliar o potencial biológico dos ecossistemas florestais, e assim, planificar e organizar o seu aproveitamento racional de forma sustentável, garantindo sua perpetuação e a manutenção das formas de vida animal e vegetal.
  • Formar profissionais capazes de gerir empreendimentos florestais e fazer o maneio de recursos florestais visando a sua promoção, e uso racional.
  • Formar profissionais capazes de produzir bens e serviços florestais necessários para suprir a demanda do mercado nacional e internacional.

PERFIL OCUPACIONAL

Cabe actualmente aos Engenheiros Florestais não só participar na definição e manutenção das áreas silvestres, tão necessárias para o entendimento das suas funções ambientais e econômicas, como também actuar objectivamente na área da administração e política florestal; no ensino, educação e consciencialização florestal/ambiental; na pesquisa e na execução de projectos nas diferentes áreas da Engenharia Florestal, tais como: Silvicultura, Manejo Florestal, Tecnologia de Produtos Florestais, Protecção e Conservação dos Recursos Florestais, Gestão Ambiental, etc.

Além da protecção e preservação de ecossistemas, o Engº Florestal actua na obtenção de produtos florestais madeireiros (serrados, laminados, carvão, essências, látex, resinas, celulose e papel) e não madeireiros (fármacos, artesanatos, frutos).

O Engº Florestal planifica e executa projectos de florestamento e reflorestamento, avalia e analisa os impactos ambientais decorrentes da intervenção de Empreendimentos nos ecossistemas naturais e traça estratégias e acções para sua preservação, conservação e recuperação.

O mercado de trabalho da Engenharia Florestal inclui as seguintes áreas:

  1. Produção de Mudas
  2. Apicultura
  3. Arborização Urbana e Paisagismo
  4. Certificação Florestal
  5. Colheita e Transporte Florestal
  6. Extensão Rural
  7. Gestão Florestal
  8. Inventário e Maneio Florestal
  9. Maneio de Bacias Hidrográficas
  10. Melhoramento Florestal
  11. Protecção Florestal
  12. Recuperação de Áreas Degradadas
  13. Sistemas de Informação Geográficas
  14. Tecnologia de Produtos Florestais
  15. Unidade de Conservação
  16. Sistemas Agro-florestais

 

PERFIL PROFISSIONAL

O graduado Licenciado em Engenharia Florestal é capaz de produzir e gerir tecnicamente a produção, criando e desenvolvendo o seu próprio negócio na sua área de especialidade. Para tal, ele deve ser capaz de:

  1. Produzir e gerir tecnicamente a produção florestal.
  2. Criar, negociar e gerir o seu próprio negócio e empresa.
  3. Elaborar projectos para promoção do desenvolvimento da produção comercial dos agricultores de pequena escala para resolução de problemas económicos das comunidades locais.
  4. Comunicar e negociar com todos os parceiros no processo de produção e gestão de agro-negócios.
  5. Respeitar a fauna e a flora;
  6. Uso tecnológico racional, integrado e sustentável do ambiente;
  7. Emprego de raciocínio reflexivo, critico e criativo;
  8. Atendimento às expectativas humanas e sociais no exercício de actividades profissionais.
  9. Coordenar o planeamento, execução e revisão de planos de manejo florestal;
  10. Planificar e executar planos de implantação florestal e recuperação de áreas degradadas;
  11. Coordenar o planeamento e execução de actividades de conservação de ecossistemas florestais visando a manutenção da biodiversidade.
  12. Administrar, operar e manter sistemas de produção florestal em florestas naturais e plantadas.
  13. Orientar o desenvolvimento de políticas públicas sobre a conservação e uso de ecossistemas florestais.
  14. Coordenar o planeamento e linhas de actuação de entidades de defesa do meio-ambiente.
  15. Cooperar na elaboração e execução de projectos de desenvolvimento rural sustentável.
  16. Coordenar o desenvolvimento de planos de utilização de recursos florestais por populações tradicionais.
  17. Coordenar sistemas de monitoramento ambiental em áreas florestadas.
  18. Coordenar o planeamento e execução de projectos de extensão florestal e educação ambiental.
  19. Coordenar o planeamento e execução de projectos de abastecimento de indústrias e controle de qualidade de matéria-prima florestal.
  20. Administrar, operar e manter sistemas de processamento de matéria-prima florestal.
  21. Planificar e administrar sistemas de colheita e transporte florestal.

Ver o Plano curricular do curso.

 

 

 

 

Assinar o Newsletter

Contacto

Campus Politécnico - Posto Administrativo de Lionde, Cidade de Chókwè.

Telemóvel: +258 82 304 7056

email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Website: www.ispg.ac.mz

Siga-nos Online